// Rota da Filigrana – Processo Produtivo

A Filigrana é a arte de torcer fios de ouro ou prata (dois), usualmente muito finos, que são depois aplicados a molduras com várias formas, preenchendo-as com um rendilhado delicado.
Da fundição à peça final vai um longo caminho, passando a vara-de-ouro ou prata por um processo de estiragem, diminuição da espessura do fio resultante, torcendo-os entre duas tábuas de madeira, seguido de um processo de batimento, cozimento e branqueamento.
Por fim, a minuciosa tarefa de preenchimento das molduras é geralmente realizada por mulheres, denominadas “enchedeiras”. Finalmente, o processo de acabamento consiste em soldar todos os componentes e nas operações finais de montagem.